Julho 2022

Relatório de desempenho

Planos atrelados a fundos de investimentos

Confira os relatórios de desempenho

  • ABSOLUTE

    ABSOLUTE ICATU I PREV

    • ABSOLUTE ICATU I PREV - 29.242.441/0001-81

      (Julho)

      O resultado do mês foi explicado por perdas em posições no livro de bolsa e juros. No primeiro, posições vendidas na bolsa americana detraíram performance ao passo que posições liquidamente compradas em bolsa local geraram retornos. No segundo, o destaque negativo foi a posição tomada em juros nominais americanos. O livro de moedas não teve contribuição relevante no período.

      No início do mês, voltamos a ter posições – módicas – tomadas em juros curtos americanos e aumentamos marginalmente a exposição vendida na bolsa americana. Localmente, o fundo zerou a posição tomada em juros nominais após o recente movimento de abertura das taxas mais curtas.

  • ADAM CAPITAL

    ADAM ICATU PREV FIC FIM

    • COMENTÁRIO GERAL
      No mês de julho/22 a estratégia de previdência da Adam Capital apresentou resultado positivo para os portfólios de equities local e equities global e resultado negativo para o portfólio de juros local.
      Para a estratégia ADAM PREV, terminamos o mês de julho/22comprados em Petrobrás. Para o portfólio de juros, seguimos aplicados em taxas de Juros local, com limitações da legislação dos fundos de previdência privada.
    • ADAM ICATU PREVIDENCIÁRIO FICFIM- 25.681.955/0001-82

      (Julho)

  • ALASKA ASSET MANAGEMENT

    ALASKA ASSET MANAGEMENT

    • ALASKA 100 ICATU PREVIDENCIÁRIO FI MM- 34.081.155/0001-11

      (Julho)

      O fundo Alaska 100 Icatu Previdenciário FIM obteve um retorno de +5,08%, superior aos -0,88% do benchmark IMA-B e aos +4,69% do Ibovespa. O fundo, que possui alocação próxima a 100% em ações, teve como destaque positivo as posições em ações do setor de óleo e gás, enquanto do lado negativo o destaque foi o setor de mineração.
      Em julho, as participações no setor de siderurgia aumentaram, enquanto as participações no setor de mineração reduziram. O fundo segue posicionado aproximadamente 100% em ações, sendo as duas posições mais relevantes dos setores de mineração e de óleo e gás.

    • ALASKA 70 ICATU PREV FIM- 29.722.458/0001-36

      (Julho)

      O fundo Alaska 70 Icatu Previdenciário FIM obteve um retorno de +3,86%, superior aos -0,88% do benchmark IMA-B. O fundo, que possui alocação próxima a 70% em ações e o restante em renda fixa, teve como destaque positivo as posições em ações do setor de óleo e gás, enquanto do lado negativo o destaque foi o setor de mineração.
      Em julho, as participações no setor de siderurgia aumentaram, enquanto as participações no setor de mineração reduziram. O fundo segue posicionado aproximadamente 70% em ações, sendo as duas posições mais relevantes dos setores de mineração e de óleo e gás.

  • APEX CAPITAL

    APEX CAPITAL

    • APEX LONG BIASED ICATU PREVIDENCIÁRIO FIM 70 - 29.732.909/0001-16

      (Julho)

      No mês de Julho de 2022, o fundo Apex Long Biased Icatu 70 Prev FIM apresentou retorno de +1,12% e o CDI +1,03%. Os destaques positivos em termos absolutos foram em Transporte, Varejo, Serviços Financeiros e Consumo Básico. Os destaques negativos em termos absolutos foram em Investimento no Exterior, Book Estratégico, Construção e Siderurgia. O fundo terminou o mês com uma exposição líquida de 49,10% e bruta de 94,41%. A exposição bruta setorial do fundo está conforme a seguir: IMA-B 25,6%; Consumo não Cíclico 19,5%; Financeiro e Outros 19,1%; Bens Industriais 17,9%; Utilidade Pública 17,6%; Consumo Cíclico 17,4%; Materias Básicos 15,8%; Saúde 4,6%; Petróleo, Gás e Biocombustíveis 4,5%; Tecnologia da Informação 2,5% e ETF 0,4%.

       

       

    • APEX LONG BIASED ICATU PREVIDÊNCIA FIM 49 - 20.814.969/0001-03

      (Julho)

      No mês de Julho de 2022, o fundo Apex Long Biased Icatu Prev 49 apresentou retorno de +0,42% e o CDI +1,03%.
      Os destaques positivos em termos absolutos foram em Transporte, Varejo, Serviços Financeiros e Consumo Básico. Os destaques negativos em termos absolutos foram em Mineração, Investimento no Exterior, Book Estratégico e Construção.
      O fundo terminou o mês com uma exposição líquida de 34,63% e bruta de 66,59%.
      A exposição bruta setorial do fundo está conforme a seguir: IMA-B 45,6%; Consumo não Cíclico 13,7%; Financeiro e Outros 13,5%; Bens Industriais 12,6%; Utilidade Pública 12,4%; Consumo Cíclico 12,2%; Materias Básicos 11,1%; Saúde 3,3%; Petróleo, Gás e Biocombustíveis 3,2%; Tecnologia da Informação 1,7% e ETF 0,3%.

       

  • ARX INVESTIMENTOS

    ARX INVESTIMENTOS

    • ARX TARGET ICATU PREV FIC FIM - 31.353.579/0001-08

      (Julho)

       

    • ARX INCOME ICATU PREV FIM - 03.879.361/0001-48

      (Julho)

       

       

    • ARX INCOME QUALIFICADO ICATU PREV 100 FIC FIA- 37.355.672/0001-20

      (Julho)

    • ARX DENALI ICATU PREV FIC FI RF CP - 31.353.579/0001-08

      (Julho)

       

       

  • ATHENA CAPITAL

    ATHENA CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      Em julho houve uma recuperação de performance importante dos ativos mais ligados a economia local em um movimento de alguma descompressão de risco após a performance muito fraca do primeiro semestre nessa classe de ativos. Um dos destaques foram os ativos de construção civil que atuam no segmento de baixa renda, com nossa posição sendo através de CURY e DIRR. Ao longo do mês houve mais medidas do Governo para dinamizar o Programa Casa Verde Amarela como revisão da curva de subsídios das empresas que atuam no Programa e aumento da faixa de renda das famílias aptas a serem elegíveis em cada segmento do Programa. Além disso, a dinâmica de recuo das commodities no mês também trouxe uma sensação de que o ponto mais crítico de inflação de materiais no setor possa ter ficado para trás. Outros destaques foram EQTL, HAPV, GOAU, MILS e RENT.

    • ATHENA ICATU PREV FIM 70 - 29.045.319/0001-15 & ATHENA ICATU PREV FIM 49 - 26.680.218/0001-28

      (Julho)

      Seguimos com uma carteira balanceada sem concentração relevante de setores e sem dependência grande de nenhuma variável macro específica. Vale ainda ressaltar, que seguimos vendo um retorno prospectivo muito alto no nosso portfólio, dada a forte correção dos ativos nestes sete meses de 2022. Ainda que reconheçamos os desafios do cenário macroeconômico mundial e das eleições internas no fim do ano, acreditamos que as companhias de nosso portfólio têm plenas condições de continuar com boa performance operacional mesmo em cenários econômicos adversos.

  • ATLAS ONE INVESTIMENTOS

    ATLAS ONE

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • ATLAS ONE ICATU 70 PREV FIM - 33.520.932/0001-14

      (Julho)

       

  • AZ QUEST INVESTIMENTOS

    AZ QUEST

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • AZ QUEST RV PREV ICATU FIE FI MULTIMERCADO - 33.341.968/0001-30

      (Julho)

       

       

    • AZ QUEST PREV ICATU LUCE FIC FIRF CP - 23.883.385/0001-88

      (Julho)

       

       

    • AZ QUEST INFLAÇÃO ATIVO PREV FIE FI RENDA FIXA - 34.442.059/0001-51

      (Julho)

       

    • AZ QUEST ICATU MULTI PREV FIC FIM- 18.534.967/0001-19

      (Julho)

       

       

       

       

  • BAHIA ASSET MANAGEMENT

    BAHIA ASSET MANAGEMENT

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

    • BAHIA AM PREV ICATU FIC FIM- 39.281.314/0001-45

      (Julho)

       

       

  • BNP PARIBAS ASSET MANAGEMENT

    BNP PARIBAS

    • BNP PARIBAS ICATU SEG FI RF PREV CP - 22.809.036/0001-53

      (Julho)

       

  • PLURAL

    BRASIL PLURAL CRÉDITO CORPORATIVO ICATU PREV CP FIC FIRF

    • BRASIL PLURAL CRÉDITO CORPORATIVO ICATU PREVIDÊNCIA CP FIC FIRF - 23.263.359/0001-57

      (Julho)

      A performance no mês de julho foi acima do CDI, porém abaixo da rentabilidade do ano e dos últimos 12 meses. Esse resultado é justificado, principalmente, por uma estabilização dos spreads de crédito. Destaques nas movimentações da carteira: aumentamos Equatorial e CTEEP, e diminuímos Algar Telecom, Iguatemi, Aegea e Light.
      O fundo encontrasse atualmente alocado em 74,38% em ativos de crédito privado (68,52% em debêntures, 2,06% em FIDCs e 3,81% em CDBs/letras financeiras), sendo 74,38% indexados ao CDI e 25,62% em caixa. Não temos LFSN ou LFSC no fundo.
      A duration do portfólio é 1,66 ano e da parcela alocada em crédito privado é de 1,92 ano.
      Em relação as emissões primárias distribuídas a mercado, o ritmo foi inferior ao mês passado e o fundo não entrou em nenhuma nova emissão.
      Apesar de um aumento nos casos de Covid no mês passado, acreditamos que os impactos na economia são cada vez menores, principalmente porque a média móvel de mortes continua se mantendo baixa, porém continuamos monitorando possíveis impactos no portfólio. Na nossa visão os principais pontos de continuam sendo: 1) cenário inflacionário mundial e consequente impacto nas taxas de juros; 2) guerra da Ucrânia; 3) eleições para presidente em outubro. Dado esse cenário, continuamos mantendo a duration da carteira relativamente baixa.
      Por fim, o nível dos spreads de crédito continua atrativo na nossa visão, principalmente para emissores high grade (baixo risco de crédito), e acreditamos numa compressão à medida que a SELIC continuar subindo e os fundos de crédito privado continuarem captando.

  • BOGARI CAPITAL

    BOGARI VALUE ICATU PREV FIM

    • BOGARI VALUE ICATU PREV FIM - 29.722.437/0001-10

      (Julho)

  • BTG PACTUAL ASSET MANAGEMENT

    BTG PACTUAL

    • BTG PACTUAL ICATU CONSERVADOR FICFI RF CRÉD PRIV PREV - 02.782.911/0001-43

      (Julho)

    • ICATU BTGP ABSOLUTO LS PREV FIC MULTI - 41.287.516/0001-46

      (Julho)

  • BUTIÁ INVESTIMENTOS

    BUTIÁ TOP ICATU SEG PREVIDÊNCIA FIRF CP

    • BUTIÁ TOP ICATU SEG PREV FI RF CP - 30.507.510/0001-10

      (Julho)

       

  • CA INDOSUEZ BRAZIL S.A. DTVM

    CA INDOSUEZ

    • CA INDOSUEZ ICATU PREVIDÊNCIA FIRF CP - 12.796.193/0001-18

      (Julho)

  • CANVAS CAPITAL

    CANVAS ICATU PREV

    • COMENTÁRIO GERAL

      Mês de julho foi muito volátil, de mudança brusca na narrativa do mercado. Investidores ainda preocupados com o cenário inflacionário global. No Brasil, em julho o Ibovespa acumulou alta de 4,69%, o Dólar recuou 1,16% e o CDI subiu 1,03% no mês. No Brasil, a deterioração do quadro fiscal e o tema Eleição de certa forma já começaram a impactar nos preços de ativos. Indicações dos candidatos a presidente já estão se formalizando.

      Nos EUA, o Dow Jones subiu 6,7% em julho, o S&P 500 subiu 9,1% e o Nasdaq, subiu 12,4%. Esses foram os maiores ganhos mensais para os três índices desde 2020.
      O Fed subiu mais uma vez os juros em 75bps, para o patamar entre 2,25% e 2,50%aa. O presidente do Fed, sinalizou como improvável mais uma alta de juros na mesma magnitude adiante e se comprometeu a alcançar a estabilidade dos preços. Complementou dizendo que as próximas decisões serão tomadas de acordo com a divulgação de dados. E os dados econômicos mostraram que a economia americana entrou em recessão técnica. O PIB dos EUA caiu 0,9% no 2° tri/22, sendo a segunda queda trimestral consecutiva. No 1° tri/22, o PIB tinha caído 1,6%.

      Os PMIs globais continuam dando sinais de desaceleração e aumento de risco de recessão global.
      O FMI cortou a previsão de crescimento do PIB global de 4,4% para 3,6% em 2022; e de 3,8% para 3,6% em 2023.
      Para os EUA, o FMI prevê um crescimento do PIB de 2022 em 3,3% (ante 3,9%), da zona do euro em 3,7% (ante 4,0%) e da China em 4,4% (ante 4,8%).
      Na contramão dos cortes de projeção, para o Brasil, o FMI elevou a previsão de crescimento do PIB de 0,8% para 1,7%.

    • CANVAS ICATU PREV FICFIM PREV- 24.405.282/0001-75

      (Julho)

      Estratégia do Fundo: O Canvas Enduro Prev é gerido pela mesma equipe do Canvas Enduro, de acordo com a mesma filosofia de investimento, tendo como objetivo a geração de retorno absoluto no longo prazo, com uma rigorosa política de controle de risco. O fundo segue uma estratégia multimercado macro combinada com estratégia em ações e apenas investe em mercados líquidos.
      Atribuição de Performance:
      As estratégias aplicadas em juros reais tiveram contribuições negativas, enquanto as aplicadas em juros nominais tiveram contribuições positivas. As posições compradas em Real obtiveram resultados neutros. E a parcela de bolsa local contribuiu positivamente para o resultado do mês, principalmente por conta das posições via Índice.

      Posicionamento atual: No mercado local, continuamos com posições aplicadas em juros nominais na parte curta curva e posições aplicadas em papeis atrelados à inflação na parte intermediária da curva. Em bolsa local posições compradas em ações específicas e em índice. Em câmbio, posição comprada no real via opção.

  • CAPITÂNIA INVESTIMENTOS

    CAPITÂNIA

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • CAPITÂNIA CREDPREVIDÊNCIA ICATU FIC FIRF CP 27.239.065/0001-40

      (Julho)

       

  • CLARITAS INVESTIMENTOS

    CLARITAS INVESTIMENTOS

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

    • CLARITAS ICATU PREV FIE FIC FIM- 37.627.900/0001-73

      (Julho)

       

  • CONSTÂNCIA INVESTIMENTOS

    CONSTÂNCIA INVESTIMENTOS

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • CONSTÂNCIA ICATU PREV FIM CP- 33.768.898/0001-00

      (Julho)

       

  • CONSTELLATION ASSET MANAGEMENT

    CONSTELLATION ICATU 70 PREV FIM

    • COMENTÁRIO GERAL

      Alocação em ações de 20 a 30 empresas de alta qualidade, escolhidas a partir de uma análise meticulosa, bottom-up e fundamentalista do time Constellation. O fundo busca investir no longo-prazo em empresas com excelente equipe de gestão, com barreiras de entrada, alto retorno sobre o capital investido e que atuem em um ambiente competitivo favorável.

    • CONSTELLATION ICATU 70 PREV FIM- 30.178.912/0001-19

      (Julho)

      O Constellation Icatu 70 Prev FIM apresentou uma performance de 5,62% vs. 4,69% do Ibovespa em Julho de 2022. Os principais contribuintes do mês foram Consumo, Energia e Saneamento, e Tecnologia. O principal tema entre os contribuidores no último mês foi uma recuperação das ações de empresas de crescimento depois de uma grande correção nos meses anteriores. Além disso, vimos um aumento nas expectativas do fim do ciclo de aperto monetário no Brasil. Estamos também em um contexto de mercado com alta de inflação, juros altos e múltiplos de valuation no patamar mais baixo dos últimos 10 anos. Mesmo que o cenário pareça ainda incerto, vemos margem de segurança nos valuations de hoje. Há, relativamente, menos risco para os investidores de ações nos patamares atuais do que em qualquer momento nos últimos 10 anos. Os lucros das nossas empresas são sólidos e acreditamos que elas sairão mais fortes dessa crise, elas têm franquias duráveis que se beneficiarão de um ambiente mais desafiador para os negócios em geral.

       

  • CTM INVESTIMENTOS

    CTM GÊNESIS

    • CTM GÊNESIS ICATU FIM PREV - 39.687.570/0001-37

      (Julho)

  • DAHLIA CAPITAL

    DAHLIA CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • DAHLIA GLOBAL 50 ICATU PREV FIC FIM - 38.033.115/0001-55

      (Julho)

       

  • EQUITAS INVESTIMENTOS

    EQUITAS INVESTIMENTOS

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • EQUITAS PREV II ICATU FIC FIA - 35.354.896/0001-91

      (Julho)

  • FINACAP INVESTIMENTOS

    FINACAP ICATU

    • FINACAP ICATU PREVIDENCIÁRIO 70 FIM- 33.499.011/0001-17

      (Julho)

  • FORPUS CAPITAL

    FORPUS CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

    • FORPUS 100 ICATU PREV FIC FIA 38.281.397/0001-00

      (Julho)

  • IGUANA INVESTIMENTOS LTDA.

    FUNDAMENTA

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • ICATU SELEÇÃO JÚPITER PREVIDENCIÁRIA FUNDO DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO 31.248.087/0001-44

      (Julho)

       

  • GALAPAGOS CAPITAL

    GALAPAGOS CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • GALÁPAGOS ICATU DARWIN PREVIDENCIA GLOBAL FICFI MM - 37.279.513/0001-93

      (Julho)

       

  • GARDE INVESTIMENTOS

    GARDE ASSET MANAGEMENT

    • COMENTÁRIO GERAL

      No cenário internacional, as atenções vêm se voltando novamente para o Fed – mas, dessa vez, com o mercado tentando identificar o momento de “guinada” na sua postura hawkish diante da desaceleração apontada por diversos dados de atividade. Embora muitos considerem o último FOMC como um indício dessa mudança, acreditamos que ainda é cedo, e que o Fed deverá levar a taxa de juros para patamares restritivos e mantê-los lá por um período mais longo que o precificado. Na Zona do Euro, o ECB enfrenta situação também adversa, com a crescente possibilidade de recessão induzida pela crise energética em meio à maior inflação das últimas décadas. O cenário também é mais complicado na China, onde a intensificação da crise no setor imobiliário vem gerando novas preocupações. Dessa forma, o pano de fundo global segue negativo para ativos de risco, com uma série de riscos econômicos e geopolíticos que devem ser monitorados com cautela.
      No cenário doméstico, a “PEC das bondades” com R$ 42bi de gastos fora do teto foi aprovada pelo Congresso, sendo que maior parte dos recursos deverá ir para o aumento do Auxílio Brasil para 600 reais. Prospectivamente, não antevemos novas medidas significativas sejam adotadas antes das eleições, por conta calendário parlamentar. No mais, revisamos para cima a projeção de PIB deste ano de 1,5% para 2%, seguindo a dinâmica mais forte dos dados correntes e a rodada de medidas fiscais que deverão postergar a desaceleração mais pronunciada da atividade econômica. Para a inflação, em que pese o rápido repasse para os preços de combustíveis dada a diminuição do ICMS pelos governos estaduais, revisamos ligeiramente a inflação do ano para 6.9% (de 7.1%) e mantivemos a projeção para 2023 em 5%. Revisamos também nossa projeção de Selic final de 13.75% para 14.25%, dada a deterioração dos riscos fiscais, resiliência da atividade e piora das expectativas de inflação. Por fim, ajustamos nossa projeção para o saldo comercial de US$ 83bi para US$ 68bi, com a queda nos termos de troca e surpresas positivas nas importações.

    • GARDE ARAMIS ICATU PREV FIC FIM 29.275.210/0001-74

      (Julho)

      Referente ao resultado de julho, o destaque positivo foi a estratégia sistemática, que vem se provando ser bem descorrelacionada das demais, trazendo uma ótima diversificação para o portfólio. Em ações, tivemos perdas representativas em commodities, com o mercado mais preocupado com a economia chinesa. As bolsas americanas tiveram forte performance com Fed menos agressivo e tivemos perdas com a posição direcional vendida nas bolsas americanas. Em moedas tivemos mais um mês bastante volátil, com ganho na posição vendida em lira turca e perdas nas posições em euro e iene. Em juros globais, o resultado foi negativo no mês principalmente pelas posições tomadas nos juros dos países desenvolvidos (Europa e Japão). A posição comprada em petróleo e derivados foi o maior detrator da carteira de commodities devido à forte queda do complexo de energia no mercado futuro. Na renda fixa doméstica, em juros nominais tivemos ganhos com posições táticas e em relação ao book de Inflação, a posição sofreu devido ao corte de impostos aprovado pelo Congresso. Em cupom cambial, as taxas curtas abriram bastante devido a reação dos juros externos a um Fed menos agressivo e nossa posição sofreu perdas.

      Acreditamos que o panorama para bolsa americana é ruim, com “Fed behind the curve” e precisando ser mais agressivo, mas os movimentos foram muito fortes e optamos por realizar um gerenciamento de risco e reduzir grande parte das posições de ações internacionais. No mercado local, achamos que a bolsa brasileira apresenta bom risco retorno, mas por estarmos mais pessimistas com o mercado global, estamos pouco posicionados. No câmbio continuamos com posições táticas com viés comprado em BRL. Em cupom cambial, nossa posição se baseava na perspectiva de fluxo cambial ofertado dado o bom cenário de contas externas (pelo juro alto e preços de commodities favoráveis), mantemos essa posição, porém em menor tamanho. Em juros globais, com o aumento da volatilidade e a dúvida em que o Fed dará mais peso (inflação persistentemente alta ou atividade pior) optamos por diminuir o tamanho das posições, mantendo posições pequenas tomadas nos juros dos EUA, Europa e Japão. Em commodities voltamos a aumentar o risco na posição comprada em petróleo, pois vemos oportunidades assimétricas nessa posição. Em juros brasileiros mantemos posicionamento tática.

       

    • GARDE PARIS ICATU QUALIFICADO FIC FIM - 41.867.393/0001-12

      (Julho)

      Referente ao resultado de julho, o destaque positivo foi a estratégia sistemática, que vem se provando ser bem descorrelacionada das demais, trazendo uma ótima diversificação para o portfólio. Em ações, tivemos perdas representativas em commodities, com o mercado mais preocupado com a economia chinesa. As bolsas americanas tiveram forte performance com Fed menos agressivo e tivemos perdas com a posição direcional vendida nas bolsas americanas. Em moedas tivemos mais um mês bastante volátil, com ganho na posição vendida em lira turca e perdas nas posições em euro e iene. Em juros globais, o resultado foi negativo no mês principalmente pelas posições tomadas nos juros dos países desenvolvidos (Europa e Japão). A posição comprada em petróleo e derivados foi o maior detrator da carteira de commodities devido à forte queda do complexo de energia no mercado futuro. Na renda fixa doméstica, em juros nominais tivemos ganhos com posições táticas e em relação ao book de Inflação, a posição sofreu devido ao corte de impostos aprovado pelo Congresso. Em cupom cambial, as taxas curtas abriram bastante devido a reação dos juros externos a um Fed menos agressivo e nossa posição sofreu perdas.

      Acreditamos que o panorama para bolsa americana é ruim, com “Fed behind the curve” e precisando ser mais agressivo, mas os movimentos foram muito fortes e optamos por realizar um gerenciamento de risco e reduzir grande parte das posições de ações internacionais. No mercado local, achamos que a bolsa brasileira apresenta bom risco retorno, mas por estarmos mais pessimistas com o mercado global, estamos pouco posicionados. No câmbio continuamos com posições táticas com viés comprado em BRL. Em cupom cambial, nossa posição se baseava na perspectiva de fluxo cambial ofertado dado o bom cenário de contas externas (pelo juro alto e preços de commodities favoráveis), mantemos essa posição, porém em menor tamanho. Em juros globais, com o aumento da volatilidade e a dúvida em que o Fed dará mais peso (inflação persistentemente alta ou atividade pior) optamos por diminuir o tamanho das posições, mantendo posições pequenas tomadas nos juros dos EUA, Europa e Japão. Em commodities voltamos a aumentar o risco na posição comprada em petróleo, pois vemos oportunidades assimétricas nessa posição. Em juros brasileiros mantemos posicionamento tática.

  • GAUSS CAPITAL

    GAUSS ICATU PREV FIC FIM

    • GAUSS ICATU PREV FIC FIM- 26.343.792/0001-90

      (Julho)

      Em julho, o Gauss Prev Icatu (“Fundo”) registrou ganho de 1,72%. O Fed elevou sua taxa de juros em 75bps e alterou o comunicado ao dizer que será reativo aos próximos dados tanto de inflação quanto de atividade. Os dados de PIB confirmaram uma recessão técnica nos EUA e aumentaram o risco de uma política monetária menos restritiva no futuro, mas por ora as pressões inflacionárias não devem mudar a retórica hawkish do Fed em relação à estabilização de preços. Dessa forma, as treasuries perderam inclinação (2y -7bps, 10y -36bps). Isso, aliado aos primeiros resultados corporativos referentes ao segundo trimestre mais fortes que o esperado, fez com que os índices de ações fechassem o mês com retornos positivos (S&P +9.1%, NKY +5.3%, DAX +5.5%, IBOV +4.7%). O dólar ganhou força com o enfraquecimento do Euro: apesar da alta mais hawk de 0.5% do ECB, a falta de um guidance claro sobre o pacote anti-fragmentação e o novo corte da oferta de gás por parte da Rússia aumentaram os riscos de recessão na região. Assim, o Fundo registrou ganhos nas posições compradas no dólar contra uma cesta de moedas, compradas em bolsas offshore e aplicadas nas treasuries; e perdas na debênture da Vale Perpétua.
      No mercado externo, mantemos as posições compradas em bolsas e em ações ligadas à reabertura no Japão. Além disso, reduzimos as posições compradas em dólar contra uma cesta de moedas, mantendo posições vendidas na libra e na lira turca. Reduzimos as posições compradas nas treasuries longas, mantemos posições tomadas em juro na Turquia e aplicadas na Colômbia contra tomadas no Chile. No mercado local, mantemos posição comprada no real, na debênture participativa de Vale e em ações selecionadas com hedge no índice.

  • GIANT STEPS CAPITAL

    GIANT STEPS CAPITAL

    • GIANT PREV ICATU I FIE FIC FIM - 35.927.113/0001-11

      (Julho)

  • HIX CAPITAL

    HIX CAPITAL

    • HIX ICATU PREVIDENCIÁRIO LONG ONLY QUALIFICADO FIC FIM 100 - 29.800.227/0001-01

      (Julho)

  • IBIUNA INVESTIMENTOS

    IBIUNA PREV ICATU FIC FIM

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • IBIUNA PREV ICATU FIC FIM - 18.041.877/0001-96

      (Julho)

  • ICATU VANGUARDA

    ICATU VANGUARDA

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

       

       

    • ICATU VANGUARDA DIVIDENDOS FIA PREVIDENCIÁRIO - 36.617.562/0001-26

      (Julho)

       

    • ICATU VANGUARDA FIC FI RF PLUS PREV - 04.223.291/0001-38

      (Julho)

       

    • ICATU VANGUARDA FOF FI MM PREV CRÉD PRIV - 33.520.911/0001-07

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA HEDGE FI MM PREV - 28.557.920/0001-24

      (Julho)

       

    • ICATU SEG GLOBAL EQUITY INCOME 10 FI MM PREVIDENCIÁRIO- 28.557.951/0001-85

      (Julho)

    • ICATU SEG DURATION FI RF - 04.511.286/0001-20

      (Julho)

    • ICATU SEG PRIVILEGE RF FICFI - 09.321.515/0001-68

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA MULTIESTRATÉGIA MODERADO FC DE FI MM PREV - 04.223.314/0001-04

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA MULTIESTRATÉGIA ARROJADO FIC FIM PREV - 03.537.456/0001-83

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA MINHA APOSENTADORIA 2030 FIC FIM PREV - 07.190.746/0001-54

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA MINHA APOSENTADORIA 2040 FIC FIM PREV - 07.190.735/0001-74

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA MINHA APOSENTADORIA 2050 FIC FIM - 35.636.610/0001-60

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA FIC FI RF INFLAÇÃO LONGA PREV - 04.228.716/0001-00

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA FIC FI RF INFLAÇÃO CURTA PREV - 12.823.627/0001-21

      (Julho)

       

       

    • ICATU VANGUARDA PÓS FIXADO FIRF PREV - 33.520.901/0001-63

      (Julho)

    • ICATU VANGUARDA ABSOLUTO FIRF CP PREV - 21.494.444/0001-09

      (Julho)

  • INDIE CAPITAL

    INDIE ICATU PREV FIM

    • INDIE ICATU PREV FIM - 29.732.967/0001-40 & INDIE 100 ICATU PREV FIC FIM 35.844.884/0001-45

      (Julho)

      O mês de julho trouxe alívio com recuperação parcial das bolsas ao redor do mundo diante de uma comunicação mais dovish do Banco Central Americano – FED, apesar de sinais claros de que a economia americana pode estar se aproximando de uma recessão com a divulgação do segundo trimestre consecutivo de PIB negativo, que caiu 0.5% no 2º trimestre.
      Localmente, o Ibovespa subiu 4,7%, enquanto o Indie FIC FIA subiu 4,4%. As posições de investimento nos setores de utilidades públicas e consumo foram os destaques positivos, enquanto o setor de petróleo foi o maior detrator, diante da queda de cerca de 4% do Brent e das preocupações de recessão nos EUA e na Europa.
      Além dos receios de uma recessão global, destacamos como riscos domésticos as aprovações de medidas e subsídios que colocam em xeque a âncora fiscal do teto dos gastos e as incertezas sobre a política fiscal do próximo presidente, além da volatilidade que uma eleição polarizada pode suscitar.
      Ao longo do mês aumentamos nossa exposição a empresas de utilidades públicas e consumo, e reduzimos a empresas relacionadas ao petróleo.
      No geral, vemos diversas ações com um nível bastante atrativo de preço. O posicionamento central do nosso portfólio continua sendo em empresas com modelo de negócio superior e com capacidade de crescimento com rentabilidade.

  • INTEGRAL INVESTIMENTOS

    INTEGRAL ICATU PREV FIRF CP

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • INTEGRAL ICATU PREVIDENCIÁRIO FI RF CP- 33.588.888/0001-84

      (Julho)

       

  • INTER ASSET

    INTER ASSET

    • INTER CONSERVADOR ICATU SEG PREV FIM CRED PRIV- 25.098.148/0001-31

      (Julho)

    • INTER SELECTION ARROJADO PREVIDENCIÁRIO ICATU FIM CP - 36.620.025/0001-35

      (Julho)

       

       

    • INTER SELECTION TOP PREVIDÊNCIA ICATU FIM CP - 32.811.956/0001-60

      (Julho)

       

  • IP CAPITAL PARTNERS

    IP CAPITAL PARTNERS

    • IP PREVIDENCIA ICATU QUALIFICADO FIC FIM - 39.723.078/0001-70

      (Julho)

      A volatilidade continua alta nos mercados, tanto no exterior quanto no Brasil. Estamos atentos ao cenário e aproveitamos o momento para fazer algumas mudanças pontuais no fundo, de maneira gradual.

      O mês fechou com uma forte alta, praticamente toda carteira contribuiu positivamente com destaques para Netflix, Equatorial, Multiplan e Hapvida.

      No exterior, reduzimos um pouco nossa participação em Amazon, para aumentar participação em Equatorial e BTG.

      Consideramos o BTG bem preparado para aumentar o seu market-share no setor bancário, tanto nos segmentos de pessoa física alta renda quanto em pessoa jurídica, gerando oportunidades de reinvestimento de capital em taxas atraentes, ao redor de 20%.

      As ações da Equatorial estão estagnadas há aproximadamente 3 anos, sendo que no período a empresa fez 4 aquisições relevantes. Além disso, observamos uma TIR implícita potencial muito atraente. Equatorial é hoje a segunda maior posição do fundo.

       

  • JGP

    JGP

    • JGP PREV MULTIMERCADO ICATU SEGUROS FIC FIM - 38.015.773/0001-14

      (Julho)

      Em julho, o sentimento do mercado financeiro global começou a mudar de uma expectativa de inflação elevada e prolongada para o medo de uma recessão. Nos EUA, a reunião do Fed trouxe o esperado aumento de 75 bps. O mercado interpretou como favorável a comunicação de Jerome Powell, o que impulsionou o mercado de ações.
      A Europa segue com a atividade econômica fraca, problemas de fornecimento de gás vindo da Rússia e dificuldades de coordenação do racionamento entre os países.Na China, os casos de Covid têm sido esparsos, o que gera restrições localizadas de mobilidade, mas em escala bem mais reduzidas. Além disso, o país enfrenta dificuldades no setor imobiliário.
      No Brasil, as taxas de juros locais ficaram pressionadas durante o mês, o Ibovespa em tendência de baixa e o Real desvalorizando-se contra o Dólar. Esses movimentos se inverteram seguindo a tendência de melhora no mercado americano. A atividade econômica continua favorável e a inflação segue elevada, apesar de já ter apresentado alguns sinais de melhora. Na próxima reunião, o BCB provavelmente optará por um aumento de 50 bps da taxa Selic, para 13,75% a.a. Outro fator que deve entrar no radar é a proximidade das eleições.

      Em julho, o book de renda fixa teve contribuição positiva com pequenos ganhos na posição aplicada em NTN-B 2024 e perdas na posição tomada em juros americanos. O book de moedas teve contribuição positiva através da compra do Dólar contra Yen e Zar, parcialmente compensada pela perda na compra de Dólar contra Real. O book de renda variável contribuiu negativamente por conta das operações vendidas em índices S&P, DAX e Ibovespa. Seguimos com posições tomadas em juros americanos. Em moedas, temos pequena posição comprada em Real contra Dólar e vendida em Yuan contra Dólar. Em renda variável, seguimos com pequenas posições vendidas em S&P, DAX e Ibovespa.

       

       

       

       

    • JGP AÇÕES ESG 100 PREVIDENCIÁRIO ICATU SEGUROS FIC FIA - 35.807.793/0001-30

      (Julho)

      O mês de julho terminou com recuperação para a bolsa no Brasil e no mundo, após um começo turbulento. Ao longo do mês, os principais ativos continuavam a sofrer com a piora na percepção de risco, tanto a bolsa, quanto o câmbio e os juros tiveram performances ruins. O mercado de ações brasileiro fez novas mínimas (desde o final de 2020) em 96.000 pontos, em linha com o que temos comentado sobre o bear market, no qual a dinâmica das flutuações faz topos e vales cada vez menores. Já o dólar atingiu o patamar de R$ 5,5 e a NTN-B sendo negociada a taxa de 6,3%. Esse movimento de aumento de risco foi generalizado e bastante relacionado ao medo da recessão nos Estados Unidos, tema que exploramos no último comentário mensal. Com essa preocupação cada vez maior, o S&P atingiu sua mínima do ano, abaixo de 3.700 pontos.

      Na segunda metade do mês, os ativos começaram a esboçar uma reação por três principais motivos: redução nos juros longos americanos, o começo da temporada de resultado das empresas americanas com números satisfatórios e a reunião do FED onde houve sinalização de contínuo aumento dos juros, mas talvez em magnitude menor do que o mercado temia. Diante disso, o S&P atingiu o patamar dos 4.000 pontos e o Ibovespa teve algum espaço para performar, ultrapassando os 103.000 pontos.
      Sob a ótica de gestão, mantivemos nossa estratégia de aumentar gradativamente a alocação, concentrando em setores onde vemos maiores oportunidades e assimetrias. Dentre eles, o de saúde e de utilities ganham destaque. Recentemente, voltamos a aumentar a posição em bancos em função do valuation extremamente descontado.

       

       

  • KADIMA ASSET MANAGEMENT

    KADIMA

    • COMENTÁRIO GERAL

      Durante o processo de desenvolvimento e seleção dos algoritmos que utilizamos na gestão de nossos fundos, buscamos aqueles que consigam gerar retorno de longo prazo consistente com o risco assumido. Faz parte deste processo a busca pela minimização de perdas em períodos de menor aderência dos modelos, isto é, durante os cenários de mercado desfavoráveis em relação aos drivers de performance das estratégias que compõem o portfólio dos fundos. Isso significa que buscamos depender o mínimo possível de cenários diversos nos mercados operados, ainda que evidentemente existam momentos melhores e piores para cada uma das estratégias.

    • ICATU KADIMA FIE PREV FIC FIM CP - 15.862.867/0001-23

      (Julho)

      As principais contribuições positivas para a performance do fundo no mês de julho vieram dos modelos seguidores de tendência de curto e longo prazos operando o mercado de juros local. No lado negativo, os principais detratores de performance foram os modelos de alocação sistemática entre diferentes classes de ativos e o de fatores na sua versão long-short.

       

  • KAIRÓS CAPITAL

    KAIRÓS CAPITAL

    • KAIRÓS MACRO ICATU PREVIDÊNCIA FIE I FIM - 39.768.903/0001-52

      (Julho)

       

  • KAPITALO

    KAPITALO

    • KAPITALO K10 GLOBAL ICATU PREVIDENCIÁRIO IQ FIC FI MULTIMERCADO - CNPJ: 41.505.673/0001-80

      (Julho)

       

  • KINEA

    KINEA

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

       

    • KINEA PREV XTR II PLANOS ICATU FIC FIM- 34.143.959/0001-06

      (Julho)

       

       

       

       

  • LEBLON EQUITIES

    LEBLON EQUITIES

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

       

    • LEBLON 100 ICATU PREV FIM - 35.314.803/0001-03

      (Julho)

       

    • LEBLON ICATU PREVIDÊNCIA FIM - 11.098.129/0001-09

      (Julho)

       

  • LEGACY CAPITAL

    LEGACY CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      A perspectiva de desaceleração econômica no hemisfério norte evoluiu rapidamente entre junho e julho. Nos EUA, o aperto nas condições financeiras observado no 1S 22 parece ter sido suficiente para induzir contração nos setores mais cíclicos da economia, como revelado pela abertura do PIB do 2T. Mesmo o consumo das famílias desacelerou de forma significativa na passagem do 1T para o 2T. Embora o mercado de trabalho permaneça bastante forte, a criação de empregos deve se desacelerar à frente. No Brasil, a atividade econômica segue forte, puxada pelas concessões de crédito, e um mercado de trabalho robusto. Projetamos crescimento do PIB de 2,3% em 2022. Nas atuais circunstâncias, que incluem um choque global de inflação; a perspectiva de desaceleração das economias, também em escala global, e uma taxa de juros real doméstica bastante elevada, a manutenção da SELIC por um longo período, após sua elevação a 13,75% na reunião de agosto, é a estratégia que nos parece a mais adequada para permitir a convergência de inflação, ao longo de um horizonte mais longo.

       

    • LEGACY CAPITAL PREV ICATU FIC FIM - 37.367.841/0001-41

      (Julho)

      Os desenvolvimentos do mês não foram favoráveis para o portfolio, o que resultou em resultados negativos na maior parte dos livros. A perspectiva de aproximação de recessão no hemisfério norte, combinada à manutenção de inflação elevada e às multiplas incertezas do cenário, tais como o encaminhamento do conflito na Europa; a situação difícil na China, e a dificuldade em saber-se a direção do preço de commodities tornam o cenário de investimentos mais perigoso e volátil. O ambiente favorece posições compradas em inclinação de juros, vendidas em bolsa e vendidas em USD e EUR contra outras moedas. No Brasil, gostamos da inflação curta local nos preços atuais, pois a tendência é de que preços administrados sofram maiores ajustes após as eleições.

       

       

  • MILES CAPITAL

    MILES CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

       

    • MILES VIRTUS ICATU PREVIDENCIÁRIO QUALIFICADO FIC FIA - 29.275.420/0001-62

      (Julho)

       

       

       

  • MÓDULO CAPITAL

    MÓDULO ICATU PREV FIM

    • MÓDULO ICATU PREV FIM - 30.507.620/0001-82

      (Julho)

       

       

  • MOS CAPITAL

    MOS HÍBRIDO PREV ICATU QUALIFICADO FIE

    • MOS HÍBRIDO PREV ICATU QUALIFICADO FIE FIA- 41.687.085/0001-05

      (Julho)

       

  • NAVI CAPITAL

    NAVI LONG SHORT ICATU PREV FIM

    • COMENTÁRIO GERAL

      Em julho, as maiores contribuições positivas vieram de posições do setor de Energia e Oil & Gas. O fundo rendeu 0,22% vs uma alta de 1,03% do CDI.
      Julho foi um mês de recuperação das bolsas globais, incluindo a brasileira. No cenário local, o Congresso aprovou, sem maiores novidades, a PEC com benesses sociais, que traz forte impacto fiscal no ano, mas que já havia sido antecipado pelo mercado no mês anterior. Em relação aos dados, a atividade econômica segue surpreendendo positivamente, com destaque para o mercado de trabalho, e o mercado já começa a prever crescimento do PIB do ano acima de 2%. Por outro lado, desconsiderando o impacto da redução dos impostos, ainda não há sinal mais claro que a inflação esteja dando trégua. No cenário político, não há maiores novidades, tanto no arranjo eleitoral, quanto nas pesquisas de intenção de votos. Já no âmbito global, o destaque fica por conta da temporada de resultados das empresas americanas, que estão vindo acima do esperado. Além do mais, dados mais fracos de atividade têm levado a crer que estamos próximos do pior da inflação mundial, mesmo sem nenhum dado corrente nesse sentido. Assim, os juros das principais economias cederam no mês, alimentando um ambiente de risk-on nos mercados.

    • NAVI LONG SHORT ICATU PREVIDÊNCIA FIM - 27.328.750/0001-43

      (Julho)

       

  • OCCAM BRASIL GESTÃO DE RECURSO

    OCCAM PREV FIC FIM

    • OCCAM ICATU PREV FIC FIM - 17.685.620/0001-04

      (Julho)

      Os ativos de risco apresentaram uma descompressão ao longo do mês, liderada pelos bons resultados das empresas americanas e pela leitura mais positiva do mercado em relação à decisão do FED. O receio de uma desaceleração econômica global se acentuou com a divulgação de dados de atividade mais fracos, principalmente na Europa. Nas bolsas, o Ibovespa subiu 4,7% em julho e recuperou o patamar de 100.000 pontos. As bolsas globais tiveram bom desempenho impactadas pelo movimento dos juros americano, e nos últimos dias, pelos fortes resultados de grandes empresas americanas. O S&P subiu 9,1%, melhor desempenho desde 2020. Apesar da melhora, como ainda enxergamos muitas incertezas a frente, mantivemos a exposição líquida relativamente estável com aumento dos trades relativos, aumentando significativamente a exposição bruta. Posições de long/short entre commodities, e entre bolsas são exemplos disso. O mercado se encontra num equilíbrio instável entre preocupação com inflação e recessão. No caso americano, acreditamos que uma desaceleração mais acentuada só acontecerá se estimulada pelo próprio FED. Dessa forma, retomamos posições tomadas em juros na curva americana e mantemos posições tomadas em alguns países emergentes, incluindo Brasil. No livro de moedas, continuamos acreditando em um dólar global mais forte e carregamos uma posição comprada contra algumas moedas. No book de renda variável, os bons fundamentos e valuation atrativo permanecem para os setores elétricos, financeiro e energia, que se mantém como tema central da carteira. Aumentamos algumas posições no segmento de consumo, em empresas líderes e mais bem posicionadas.

       

       

  • OPPORTUNITY

    OPPORTUNITY ICATU PREV

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

       

    • OPPORTUNITY ICATU PREV FIM - 30.869.348/0001-80

      (Julho)

       

  • PACÍFICO GESTÃO DE RECURSOS

    PACÍFICO GESTÃO DE RECURSOS

    • PACIFICO ICATU PREVIDÊNCIA FIC FIM - 35.504.169/0001-63

      (Julho)

       

       

  • PANAMBY CAPITAL

    PANAMBY CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

       

       

    • PANAMBY MULTIMERCADO FIE ICATU PREV FI - 37.332.385/0001-02

      (Julho)

       

       

       

  • PÁTRIA INVESTIMENTOS

    PÁTRIA

    • COMENTÁRIO GERAL

      O primeiro semestre de 2022 foi um período memorável no mercado de capitais. O S&P 500 teve o seu pior desempenho entre janeiro e junho desde 1970, o Dow Jones viu a sua pior queda desde 1962 e o Nasdaq teve o maior recuo já registrado para o 1º semestre de um ano. Nesse contexto, o Ibovespa teve uma performance positiva, apesar do considerável gap entre o valuation das ações listadas com relação às suas médias históricas.

       

    • PÁTRIA PIPE 100 ICATU QUALIFICADO PREVIDÊNCIA FIE FI EM COTAS DE FUNDOS DE INVESTIMENTO MULTIMERCADO - 42.774.044/0001-19

      (Julho)

      No mês de Julho destacamos (i) a publicação da prévia operacional do 2T22 da Tenda e a renegociação da sua dívida, (ii) a homologação do aumento de capital da Alper no valor de R$ 150Mn e a aquisição da corretora Almeida Budoya, (iii) o consórcio entre a Ultragaz e a Superbrás, (iv) a consumação da fusão entre Localiza e Unidas, além da aprovação da emissão de debêntures da Localiza no montante de R$ 1.450Mn e (v) a aquisição da carteira de vidas do Grupo Club Care pela Qualicorp. Os resultados operacionais da Tenda no 2T22 demonstram que a Companhia está sendo eficaz em seguir com a sua estratégia de recomposição de margens. O preço médio por unidade aumentou +20,0% a/a e +9,0% t/t, resultando em uma redução na velocidade de vendas. As vendas brutas totalizaram R$ 735mn, -23% a/a e +1% t/t. A maior seletividade nos projetos lançados, combinado com o aumento de preço das unidades, são positivos para a recomposição da saúde operacional da companhia. A Alper anunciou sua maior aquisição sob a atual gestão. A compra da Almeida Budoya por R$95Mn, corretora multi-produtos com prêmios estimados em R$100Mn, possibilita a entrada da Companhia em uma região na qual a empresa não tinha exposição: o interior de SP. A Ultrapar submeteu para aprovação do CADE o consórcio entre a Ultragaz e a Superbrás para compartilhamento de ativos operacionais e de infraestrutura. Uma vez aprovado, o consórcio possibilitará à Ultra ampliar sua presença de 19 para 25 bases de engarrafamento, além de ganhos incrementais de eficiência operacional. Com a consumação da fusão entre Localiza e Unidas, passou a vigorar o Acordo de Voto, com vigência de 6 anos, entre os acionistas fundadores da Localiza e os acionistas fundadores da Unidas, com 16.21% e 6.48%, respectivamente, do capital social da Localiza. Adicionalmente, com o intuito de recompor o caixa da Companhia, o Conselho de Administração da Localiza aprovou a emissão de debêntures no valor total de R$ 1.450Mn.

       

  • PATRIMONIAL

    PATRIMONIAL

    • PATRIMONIAL ESTRATÉGIA ICATU PREVIDENCIÁRIO FIM CP - 41.545.012/0001-89

      (Julho)

       

  • PERSEVERA ASSET MANAGEMENT

    PERSEVERA ASSET MANAGEMENT

    • PERSEVERA COMPOUNDER ICATU PREV FIC FIM - 39.703.185/0001-36

      (Julho)

      No mês de julho, o Persevera Compounder FIC apresentou uma performance de 88bps. Os principais contribuidores foram posições compradas em bolsa no Brasil (22 bps) e posições táticas em juros no Brasil (39bps) no início do mês tomados em juros longos e no final do mês aplicados na parte intermediária da curva
      Os principais detratores foram posições vendidas em bolsa americana (-14bps) e comprado em Dólar x cesta de moedas (-6bps).
      O começo do mês ainda foi marcado pela preocupação com inflação e com a recessão que poderia ser causada pelo combate dos principais bancos centrais a ela. Com o petróleo não conseguindo manter a tendência de alta e o Fed trazendo alívio para as preocupações do mercado de altas excessivas na taxa de juros o mercado ligou o modo risk on (bolsas subindo, dólar perdendo valor e taxas de juros fechando). Esse cenário ainda incerto e de grande volatilidade é propício para posições mais táticas que estruturais, portanto, nossa tomada de risco está abaixo do nosso normal. Na RF local estamos aplicados na parte intermediária da curva. Estamos comprados no dólar x euro e vendido no dólar x CNY. Estamos comprados em bolsa Brasil e vendidos em S&P.

       

       

  • REAL INVESTOR

    REAL

    • REAL INVESTOR 100 ICATU PREV QUALIFICADO FIC FIA - 40.213.012/0001-19

      (Julho)

       

  • RPS CAPITAL

    RPS PREV

    • RPS PREV ABSOLUTO ICATU FIC FIM - 31.340.875/0001-66

      (Julho)

      Vimos no mês de julho uma recuperação importante dos mercados globais frente as perdas do primeiro semestre. Com uma queda relevante do preço das principais commodities e diversos indicadores econômicos antecedentes apontando para uma desaceleração mais acentuada da economia global, a preocupação com inflação foi amenizada e por consequência a expectativa em relação ao ciclo de aperto monetário, visão que foi “referendada” pela reunião do banco central americano no final deste mês. Diante desses fatos os ativos de risco se recuperaram, principalmente os mais sensíveis aos juros longos (destaque para o setor de tecnologia e de construção).
      O fundo apresentou mais um mês de performance positiva, apesar de estarmos com pouca exposição direcional. Os dois grandes contribuidores foram nosso book alpha brasil e nossas posições de juros aplicadas em EUA e de inclinação na Europa. No livro de ações os destaques foram nossas posições compradas em Mercado Livre, construtoras de baixa renda e Banco Inter.

      Apesar da postura mais leniente do FED nesta última reunião, ainda estamos vendo números de inflação altos ao redor do mundo e, a despeito da ajuda que a correção no preço das commodities trará, acreditamos que as economias precisam desacelerar para que esta inflação convirja para níveis mais normalizados. Viramos o mês de agosto com uma posição direcional mais comprada, acreditando que estamos numa janela mais positiva para equities, fruto do maior peso que o FED está dando para atividade, valuations atrativos, posição técnica de mercado muito leve e fortes resultados nos setores e empresas que carregamos na carteira. Nossa principal tese global atualmente é nos setores que se beneficiam dessa redução (talvez momentânea) do ciclo de aperto monetário e de juros longos mais baixos, entretanto, que tenham menos correlação com crescimento econômico. Dito isso, nossa maior posição é numa cesta de empresas de alta qualidade do setor de tecnologia nos Estados Unidos. Em relação aos juros, seguimos com posições aplicadas nos juros longos americano devido a nossa perspectiva negativa com o crescimento a frente, e tomados em juros curtos para proteger a posição, dado que a inflação deve continuar rodando em patamares elevados por alguns meses
      Em nossa carteira bottom-up global mudamos nossa visão negativa em semicondutores, dado o de-rating generalizado do setor. Estamos fazendo escolhas intra-setoriais aproveitando exposição nas verticais mais resilientes como Data Centers, Auto e industriais em contrapartida a verticais mais cíclicas como smartphones e PCs. Nossas posições compradas estão concentradas em empresas com maior resiliência e visibilidade de receitas e margens, como Microsoft e companhias que se beneficiam do processo de digitalização global. No começo do mês, reduzimos nossa exposição nas ações chinesas do setor de tecnologia e nos posicionamos nas FAANGs. Nossos hedges para essas posições tem sido uma cesta de empresas não-rentáveis de ecommerce, fintech e veículos elétricos. Ao mesmo tempo, concentramos nossas posições vendidas em setores cíclicos como construção civil e varejo e zeramos os “shorts” em commodities.

       

       

  • SANTANDER ASSET MANAGEMENT

    SANTANDER ASSET MANAGEMENT - LARK E STRIX

    • SANTANDER ICATU LARK I CP FIC FI ESP CONSTITUÍDOS RF - 14.325.933/0001-63

      (Julho)

      No âmbito internacional, apesar da alta de 9,1% da inflação americana em 12 meses, a nova rodada de recuo do PIB trimestral foi decisiva e serviu como gatilho para o fechamento da curva de juros dos EUA, dado os temores em relação à atividade econômica. Localmente, os juros reais e nominais apresentaram volatilidade em virtude da agenda fiscal delicada e o temor de recessão no cenário internacional. No mês de julho, mantivemos posições direcionais favoráveis à queda dos juros nominais, priorizando ativos de prazo intermediário. Adicionalmente, seguimos com baixa utilização de risco em posições compradas em inclinação de curva. Na primeira quinzena do mês, o recrudescimento dos riscos de natureza fiscal favoreceu a abertura da curva de juros locais, de modo a detrair valor de nossas posições aplicadas. Em contrapartida, o fechamento de julho trouxe à tona a discussão sobre a desaceleração global mais intensa, que serviu como catalisador para o recuo dos juros futuros.

       

       

       

    • SANTANDER ICATU STRIX FI ESPECIALMENTE CONSTITUÍDO MM - 17.340.337/0001-40

      (Julho)

      O desempenho do Fundo em julho ficou aquém ao benchmark. Na ponta negativa, a recente evolução desfavorável quanto ao cenário de recessão nos EUA jogou contra a posição tomada em juros futuros americanos. Adicionalmente, a mensagem de soft landing ecoada pelo Federal Reserve deu algum conforto para o mercado e favoreceu a alta dos índices de renda variável americana, que detraiu valor de nosso posicionamento vendido. Pelo lado positivo, no livro de renda fixa doméstica, destacamos a aplicação em pré-fixados intermediários, que fecharam em linha com os juros futuros americanos. No livro cambial, a compra de Real contra o Dólar e a compra de Yen japonês se mostraram assertivas e contribuiu positivamente performance do Fundo.

       

       

  • SCHRODERS

    SCHRODERS

    • SCHRODER ICATU PREVIDÊNCIA LOW VOL FIM- 31.248.460/0001-67

      (Julho)

       

       

  • SPARTA

    SPARTA PREV ICATU

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • SPARTA PREVIDÊNCIA FIFE ICATU FIRF CP - 30.869.395/0001-24

      (Julho)

       

       

    • SPARTA PREV ICATU D FIC FI RF CP - 30.877.540/0001-19

      (Julho)

       

       

    • SPARTA TOP PREVIDÊNCIA ICATU ADVISORY FIRF CP - 26.710.546/0001-20

      (Julho)

       

       

  • SPX GESTÃO DE RECURSOS LTDA

    SPX

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • SPX CRÉDITO GLOBAL - 42.014.145/0001-91

      (Julho)

       

       

    • SPX PREV LONG BIAS ICATU QUALIFICADO FIC FIM - 40.386.490/0001-20

      .

    • SPX LANCER ICATU PREV FIC FIM - 28.653.832/0001-26 & SPX LANCER PLUS ICATU PREVIDÊNCIA FIC FIM - 41.424.063/0001-52

      (Julho)

       

       

  • STK CAPITAL

    STK

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • STK PREVIDÊNCIA ICATU QUALIFICADO FIE FIA - 40.885.815/0001-10

      (Julho)

       

  • STUDIO INVESTIMENTOS

    STUDIO INVESTIMENTOS

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • STUDIO ICATU PREVIDENCIÁRIO QUALIFICADO FIM CP - 34.793.027/0001-09 & STUDIO ICATU 49 PREVIDENCIÁRIO FI MM - 21.494.454/0001-36

      (Julho)

       

       

  • TORK CAPITAL

    TORK CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • TORK ICATU PREV FICFI DE AÇÕES FIE I- 36.352.410/0001-49

      (Julho)

  • TOWER THREE

    T3

    • T3 ICATU PREVIDENCIÁRIO QUALIFICADO FIA LONG ONLY - 42.479.348/0001-53

      (Julho)

    • T3 ICATU PREVIDENCIÁRIO QUALIFICADO FI MM LONG BIAS - 42.479.381/0001-83

      (Julho)

  • TRAFALGAR INVESTIMENTOS

    TRAFALGAR INVESTIMENTOS

    • TRAFALGAR CONQUEROR ICATU PREV FIC FIM CP - 32.760.006/0001-53

      (Julho)

       

       

  • TRÍGONO CAPITAL

    TRÍGONO CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • TRÍGONO ICATU 100 FIA PREVIDENCIÁRIO- 35.610.342/0001-08

      (Julho)

       

       

  • TRUXT INVESTIMENTOS

    TRUXT MACRO PREV ICATU FIC FIM

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • TRUXT MACRO PREV ICATU FIC FIM - 29.733.120/0001-80

      (Julho)

  • VALORA INVESTIMENTOS

    VALORA

    • VALORA ICATU PREVIDENCIARIO FIC FIRF CP - 41.163.524/0001-80

      (Julho)

  • VÊNETO GESTÃO DE RECURSOS LTDA

    VÊNETO

    • VÊNETO 70 ICATU PREVIDENCIÁRIO FIM- 38.263.360/0001-59

      (Julho)

       

  • VERDE ASSET MANAGEMENT

    VERDE CAPITAL

    • VERDE AM LONG BIAS 70 ICATU PREV FIE FI MULTIMERCADO - 35.363.972/0001-25

      (Julho)

    • VERDE AM ICATU PREVIDÊNCIA FIC FIM - 23.339.936/0001-47

      (Julho)

  • VINCI PARTNERS

    VINCI EQUILÍBRIO ICATU PREV II FIC MM

    • VINCI GLOBAL ALLOCATION ICATU PREVIDENCIÁRIO QUALIFICADO FIC FIM - 41.545.566/0001-86

      (Julho)

       

       

       

    • VINCI EQUILÍBRIO ICATU PREV FICFIM II- 23.964.741/0001-98

      (Julho)

  • VINLAND CAPITAL

    VINLAND CAPITAL

    • COMENTÁRIO GERAL

      (Julho)

    • VINLAND MACRO PREV ICATU QUALIFICADO I FIC FIM - 37.893.304/0001-35

      (Julho)

  • VINTAGE INVESTIMENTOS

    VINTAGE INVESTIMENTOS

    • VINTAGE ASSET ALLOCATION PREVIDENCIARIO PLATAFORMAS ICATU FICFIM - 39.914.112/0001-93

      (Julho)

       

  • VITREO GESTÃO DE RECURSOS

    VITREO

    • COMENTÁRIO GERAL

      .

    • VITREO FOF SUPER PREVIDÊNCIA ICATU FIM - 30.521.533/0001-80

      (Julho)

       

    • VITREO FOF SUPERPREVIDÊNCIA 2 ICATU FIM - 33.269.171/0001-70

      (Julho)

  • WESTERN ASSET

    WESTERN

    • WESTERN ASSET GLOBAL OPPORTUNITIES ICATU QUALIFICADO PREV FIM CP - 36.820.361/0001-21

      (Julho)

    • WESTERN ASSET ICATU RF ATIVO PREV FICFI - 23.872.787/0001-87

      (Julho)

  • Planos administrados pela Icatu Seguros S/A

     

    Planos administrados pela Icatu Seguros S/A, inscrita no CNPJ/MF sob o nº 42.283.770/0001-39. Os planos de risco de previdência foram aprovados pela SUSEP sob os números: Pecúlio por Invalidez

    (SUSEP: 15414.900869/2017-18), Renda por Invalidez (SUSEP: 15414.901518/2017-24), Pecúlio por Morte (SUSEP: 15414.900119/2016-65), Pensão por Prazo Certo 1 ano (SUSEP: 15414.900121/2016-34), Pensão por Prazo Certo 5, 10, 15 e 20 anos (SUSEP: 15414.900122/2016-89). A aprovação dos planos pela SUSEP não implica, por parte da Autarquia, incentivo ou recomendação à sua comercialização.

    O proponente tem a possibilidade de opção ou não pelo critério de tributação por alíquotas decrescentes. A Icatu Seguros não promete rentabilidade e/ou resultados financeiros durante os períodos de diferimento e de pagamento do benefício sob a forma de renda, com base no desempenho do respectivo fundo de investimento, no desempenho alheio ou no de quaisquer ativos financeiros e/ou modalidades operacionais disponíveis no âmbito do mercado financeiro. Sobre o valor do resgate haverá incidência de impostos na forma da legislação em vigor. Fundos de Investimentos não contam com a garantia do administrador do fundo, do gestor da carteira, de qualquer mecanismo de seguro ou, ainda, do Fundo Garantidor de Créditos (FGC). A rentabilidade obtida no passado não representa garantia de resultados/rentabilidade futura.

    É recomendável a leitura cuidadosa do Regulamento do Fundo de Investimento pelo investidor ao aplicar seus recursos. O participante/segurado poderá consultar a situação cadastral de seu corretor de seguros, no site www.susep.gov.br, por meio do número de seu registro na SUSEP, nome completo, CNPJ ou CPF. Informações resumidas. Para total conhecimento das características deste produto, consulte sua proposta de contratação e o regulamento do plano aqui.

RELATÓRIO DE FUNDOS